domingo, 28 de abril de 2013

A CRIAÇÃO DE DEUS E OS PROPÓSITOS PARA NOSSA VIDA

Interesses:
Tenho que escrever para ficar marcada a minha história de vida.
Todos nós nascemos e vivemos e aprendemos alguma coisa, pode ser boa ou ruim.
Nos utilizamos o que aprendemos e fazemos a partir dai algum projeto novo,qualquer coisa nova e quando nós deixamos estes feitos, estas culturas, que desenvolvemos por escrito,  no futuro, servirão de base para aqueles que vêm depois de nós e com certeza irão seguir o que lhes ensinamos se para bem ou para mal.
Conforme o tempo passa estas informações deixadas se transformam em  LEGADO CULTURAL para as gentes, e depois se for ÚTIL isto sera interpretado, motivado.
Más não é tão difícil, vocês podem notar, como exemplo,  que os jogadores de futebol que estão atuando nos grandes clubes de futebol de São Paulo, já acostumaram falar que o importante é fazer história no Clube, o importante é entrar para história do Clube.
Então nos podemos ver e ouvir que ha o interesse em fazer alguma coisa que marque o tempo.
No caso dos atletas é ser muito bom de bola, fazer muitos gols bonitos, fazer gols importantes nos jogos mais difíceis e ser um Campeão.

O estudante para ser bom, tem que ser o numero um da classe escolar,. e assim existira sempre o desejo de uma disputa para ser o melhor de todos.     O homem é assim.  Ele quer o Status de o Melhor de todos.
A partir destes propósitos desde a Antiguidade foram inventados esportes com competições e disputas das mais variádas e subsistem através dos Séculos alcançando os nosso dias Atuais.
As Olimpiadas é o melhor Exemplo de atividades e competições que vieram da Antiquidade dos povos. 
Você sabe que o jogador de bola " Leonel Messi" , já é o maior goleador de todos os tempos e que marcou mais  de 90 gols pelo Barcelona neste ano 2012?  Ele com esta proeza andou quebrando muitos records mundiais e
assim fazendo para sí um nome que muitos anos ou Séculos será lembrado como o maior goleador do Barça daquela época. Muita gente entrará para historia junto com ele, apenas por ter vivido ao seu lado.

Você sabia que o Clube Sport Clube Corinthians Paulista com suas conquistas neste ano 2012, todos os jogadores e Comissão técnica e Diretoria entraram para história do Clube?  Então 2013 vem aí, e chegando com novidades que entrarão para história da humanidade.  Pegue uma carona nesta Epopeia e realize o seu sonho de conquistas.  Seja feliz. Transmita bastante Paz. Faça novas amizades.
Ande, caminhe sem se preocupar, relaxe, olha as coisas ao seu redor com mais interesse, pois em tudo que se vê, existe uma arte de criação, um pensamento.     Alguém passou horas pensando em você e produziu algo que pudesse chamar sua atenção.  Dê valor as cores, desenhos, arquitetura, veja se descobre a idéia dos autores.
Dar valor a vida e Amar tudo apreciando a arquitetura da criação.   Olhe para você, tente compreender como foi a arquitetura do teu Criador.  Aprende a dar valor em si mesmo.  ........Eu acredito que milhares de gentes,nascem e morrem neste mundo e nem se quer pensou em si mesmo.  morreu de preocupações com os outros e não teve tempo para sí mesmo.  Você acha que não tem gente assim? Vou dar um exemplo de um trabalhador.
-o trabalhador se envolve num emprego e ganha um salario muito pequeno que quase não da para satisfaze-lo.
Ele não tem Opção de ganhar melhor, pois não tem outro empregador para lhe dar uma nova oportunidade, então  o patrão pede que ele faça Horas Extras no trabalho. Pronto esta feita a prisão do trabalhador, pois passa fazer horas de trabalho a mais e mais dias e noites vão passar e não se pode fazer mais nada.  Só o trabalho e descanso, trabalho e descanso  e assim vai os dias ,meses, anos de sua vida. Derrepente pode adoecer e ainda
assim somente pensa no trabalho na responsabilidade, na Empresa, no dinheiro e em fim  Morreu.-   Este não teve tempo de apreciar a vida que Deus deu a ele para viver e dar Glória a Deus Criador.
Deus quer que trabalhemos.,que não sejamos pesados a ninguém.  Mas Deus quer nos dar um emprego bom, que as vezes ganhamos pouco, más temos tempo de ir à Igreja, Ouvir Sua Palavra, sentir o Amor de Deus, manifestações espirituais, ouvir obras que nos edificam.  Essas coisas de Deus, não tem dinheiro que pode compra-las e a nós foram dadas gratuitamente ao seu povo que por Fé Recebe o Grande Mestre.
O bom emprego preparado por Deus é aquele o qual você pode servi-Lo. Veja bem não estou te encentivando a sair do seu emprego, más estou dizendo o que é um bom emprego preparado por Deus.

O inimigo para atrapalhar os filhos de Deus usa de arti-manhas que deixa as pessoas em confusão. Por exemplo:  - Um pai de família esta desempregado e começa a padecer por necessidades básicas da vida, então
encontra uma oportunidade de trabalho muito boa, vai ganhar bem, vai restabelecer e suprir suas necessidades,
porém o patrão disse: - preciso que trabalhe à noite e aos domingos  e a qualquer momento quero que esteja disponível para dar atenção aos negócios da Empresa certo?- Ele não pensa duas vezes e aceita!   Depois de alguns dias ele passa sentir saudade da Igreja, da família e ainda está pensando que foi Deus quem preparou aquele emprego, não percebendo o laço armado para ele.  Assim sem poder ir à Igreja e sem atenção pastoral ele vai se distanciando, vai enfraquecendo e quando da conta de sí esta atolado no mundo dos negócios ganhando dinheiro que nem água e perde a Graça de Deus.
Devemos sempre procurar os trabalhos que nos de condições de servir a Deus.  Nunca devemos aceitar os pratos de comida oferecidos pelo adversário, mesmo que seja para ficar rico devemos dispensar. Deixa tudo nas mãos de Deus.  Ele quer obediência dos seus filhos.   -O temor de Deus é o princípio da Sabedoria. Então vamos busca-Lo em temor e Obediência.
Medite sempre no Salmo 23 que diz assim:  "O Senhor é o meu Pastor e nada me faltará" 

"Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Pois tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba a vida, não é do Pai, mas do mundo. Ora, o mundo passa, e a sua concupiscência, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.”


"""Escreva para mim. Me de sua opinião sobre os assuntos postados se são bons ou não, fale comigo pelo meu e-mail.  

Muito obrigado por visitar o meu blog, espero sempre postar algum assunto importante que te traga mais Fé e que possa ser um Cristão verdadeiro.
A Paz de Deus esteja na vossa vida. Amém.


               AMILOIVAS @ GMAIL.COM  - -   AMILOIVAS @ YAHOO.COM.BR

sábado, 20 de abril de 2013

AOS IRMÃOS QUE ESTÃO NOUTRAS NAÇÕES


< Romanos 1:16-17 >
“Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego; visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé.”

Que a A Paz de Deus esteja com todos vós. Amem.

Sei que nós somos dotados dos Dons naturais que Deus nos deu para viver a nossa vida bem e com opções variadas para que fossemos sempre felizes vivendo neste mundo.
Em nossa Pátria nos crescemos e desenvolvemos, criamos os laços de apego a tudo o que esta ao nosso redor e por eles nós vivemos a nossa felicidade local. Muitas vezes estamos no meio de multidões de gentes e não os conhecemos, apenas sabemos que são nossos irmãos compatriotas, falamos a mesma linguagem e nos conformamos.
Porque quem vai parar numa esquina onde passa multidões de gentes e fazer amizade com todos?, é impossível isto, não é verdade.
Então quando estamos no nosso lar procuramos viver bem com os nossos entes queridos e com nossa irmandade, ou comunidade.

Quando deixamos a Nossa Pátria e vamos viver em outras Nações, mesmo que seja por pouco tempo.  Sentimos muitas saudades da Pátria mãe.  Não temos como consolar nosso coração das saudades de tudo que deixamos para trás.
Mas não ha jeito de mudar a situação então choramos, porque estamos desconsolados, longe da mamãe, do papai e dos irmãos, dos amigos, dos lugares, das comidas gostosas e assim ficamos esperando o tempo passar.
Muitas vezes queremos ir para igreja e ouvir uma Palavra guiada pelo Espírito de Deus. Almejamos ouvir alguma coisa a nosso respeito e ficamos inquietos pela Palavra.  " Há, Senhor fala comigo, estou precisando tanto de Ti Ó Deus"  É, ficamos suplicando a Deus para nos ajudar.
Temos saudades da irmandade, dos cultos, dos testemunhos, dos hinos, dos Servos.
Tudo isso irmãos são os nossos sentimentos de seres humanos que somos. Perceberam quantos dons naturais nos temos e convivemos com eles todos os dias da nossa vida.
Peçam a Deus muita paciência para saber esperar Nele, pois no Seu tempo, Ele faz tudo num piscar de olhos.
Ele pode cumprir o desejo do teu coração, não importa que País ou qual nação você está.
Saiba irmãos que estando noutro lugar do mundo, não importa, para Deus onde você está. O que importa é o seu coração para Ele.
O coração do crente é o lugar que Deus o visita com Sua presença.
Então irmãos coloquem os seus corações em Deus, pois Ele em tudo opera segundo o Seu querer.
Sejam sábios. Sejam valorosos. Sejam fervorosos.  Não deixa o desanimo te abater. Busque por Fé o Senhor constantemente crendo e sempre tenha Veneração por Ele.
Lembre-se que não deve nunca se projetar na frente, sempre espera em Deus.
Jesus não é nosso Mestre? sim, Ele é nosso mestre a quem devemos sempre seguir e O amar com o nosso coração.
No texto acima o Apostolo São Paulo disse que não se envergonhava de falar do Evangelho.  E assim nos todos também não devemos deixar de falar do Evangelho de Jesus Cristo, não se importando se a pessoa é Alemã, Inglesa, Americana, Africana e outros mais.
O que importa é saber que somos vasos escolhidos por Deus para evangelizar as gentes, não importa quem. 
O Evangelho foi dado aos filhos de Deus para espalhar por toda a Terra. Todas nações e povos.
Então que está esperando?, sai para fazer a vontade do Senhor, porque o que importa para Deus é que pelo Evangelho as almas das pessoas sejam salvas deste mundo.  O Evangelho tem o poder de Deus, nele está contida a salvação em Jesus Cristo o Filho de Deus, que morreu sobre a cruz vertendo o Seu sangue no madeiro da cruz para resgatar os filhos de Deus.  Ele não se importou de morrer para trazer a salvação Eterna para os filhos de Deus.
Ele não tinha culpa alguma, não tinha nenhum pecado e mesmo assim foi condenado a morte de cruz para cumprir o querer de Deus o Pai
Já imaginou que Amor Deus teve por nós.
Na verdade, Deus nos amou desde o princípio do mundo em Jesus Cristo a Nossa salvação.
Jesus veio a esta Terra, por água, sangue e espírito. A água representa o Batismo, Sangue remissão dos pecados, e Espírito porque Ele é Deus. 
Esta Obra de salvação foi para reatar o laço ou elo entre Deus e os homens que se tinham perdidos pelo pecado que entrou no coração de toda a humanidade desde o paraíso.
Com esta Obra de Amor,por Jesus Cristo, Deus nos salvou de todos os nossos pecados cometidos antes do batismo e nos lavou para sempre no sangue de Jesus Cristo que é o nosso mediador no Céu.

Fiquem com a Paz e o Amor de Deus nos seus corações, Que resplandeça em vós a Luz do Altíssimo e Onipotente Deus na vossa vida. 



Para me ajudar a continuar a desenvolver este trabalho de divulgação da Palavra de Deus para todo o povo do mundo que quer se SALVAR peço a você com todo respeito que adquira o curso que ofereço para uma boa formação em TEOLOGIA. eu aconselho para todos e curso muito bom.
CLIKE AQUI e você vai a pagina do curso desde já Agradeço por ter estado comigo nas leituras sobre os diversos assuntos que Deus me dá graça de escrever para sua Salvação.

Leia outras postagens no Blog São assuntos muito importante para você.

""escreva para mim. Dê sua opinião.""
meu e-mail é : AMILOIVAS@GMAIL.COM.
TE AGUARDO.


sexta-feira, 19 de abril de 2013

Os Cristãos do Brasil vieram de Portugal ?

Saudações aos meus irmãos Amados de Deus por todo o mundo, muita Paz de Deus e Suas Bençãos de Amor para todos vos.

-Como será que neste vasto e lindo país, chamado de Brasil, nasceu este povo enorme chamado de Cristãos?:
Em 1910, iniciou a Obra de Deus no Brasil e no Estado do Paraná foi anunciado o Som do Evangelho sobre a Cidade de Santa Cruz da Platina no Estado do Paraná, e Deus converteu e chamou para Sua Graça  o Primeiro irmão no Brasil.
Nesta época era muito difícil para fazer pregações para as pessoas. Os irmãos evangelistas eram muito perseguidos neste período da Igreja primitiva. 
Muitas famílias quando se falavam do Evangelho elas achavam um absurdo, pois do Evangelho somente os Padres e as freiras, os Bispos da Igreja é que possuíam o conhecimento para falar ou pregar os assuntos da Bíblia Sagrada para as pessoas.
Existia o resquício do período Medieval, onde prevalecia a supremacia da Igreja Católica, que se passava vagarosamente de geração em geração.  Nesta época de 1960, ainda era muito forte os pensamentos da Igreja Antiga. As influências na cabeça das pessoas eram demasiadas.
Quando ainda criança eu pude sentir que Deus já começava o movimento de conversão em minha família.
Eu era o irmão mais nôvo, antes de mim haviam mais oito irmãos e meu Pai e Mãe. Eramos 11 almas ao todo.
Pesquisando as raizes através de documentos pude constatar que tanto  do lado na vida de Pai, com sobre nome de LIMA,  e de minha mãe com o sobrenome Ramos, ambos eram de orígem Portuguesa.

Estudando  um pouco mais para traz,  através da historia dos povos e guerras que aconteceram no mundo, fui descobrir que num determinado período de grandes perseguições ao povo Judeu, que vinham andando e peregrinando pelo mundo.(na verdade eles eram perseguidos pela Santa Inquisição).
Eles chegaram ao Reino português, durante a Idade Media, solicitando o Exilo no país  e um grande número de judeus se estabeleceram em Portugal.
O Rei de Portugal por sua vez, então pediu que se notassem e marcassem o povo Judeu que estava no País, porque quando eles deixassem o país no futuro não teriam dificuldades em separa-los dos portugueses.
Então o Governo pediu ao povo Judeu que daquele dia em diante dessem nomes e sobrenomes a todos os seus filhos que nascessem para que pudessem identifica-los e diferencia-los dos Portugueses. 
Ficou então deliberado que se dessem nomes as pessoas com as Origens da coisas da Natureza como de árvores,  de aves, de rios  (Por isso que meu sobrenome é LIMA)
Surgiram então família dos Limas, da Silva, dos Santos, dos Ribeiros, dos Ramos, e assim por diante.
No Brasil acredito que 80% da população são dessas origens portuguesas. O que leva a crer que a maioria do povo brasileiro tem origem no povo Judeu, principalmente os que nasceram em Portugal e mais tarde navegaram juntos para o Brasil.
Vocês ja alguma vez ouviu dizer que Deus é brasileiro?  Pois é, esse Brasil de prosperidade, de abundancias naturais e de um povo simples e humilde cujas origens vem de Portugal  é um povo de Fé, que quando é convertido por Deus, eles se entregam pale fé ao Criador.
Deus não se perdeu nos seus caminhos pela Terra, Ela sabe onde estão os seus pequeninos, o povo que Ele ama e quer Salvar deste mundo cheio de engano.
Embora existam muitas variedades de igrejas Cristãs e Outras Denominações, Deus elegeu o Seu povo neste país e não Se perde no controle da Sua Igreja.
Existem palavras ditas pelas Escrituras e que são confirmadas pelo povo, por exemplo, " muitos serão chamados mas pouco os escolhidos".
Porque? porque o chamado não é uma ímposição de Deus para salvação da alma, más uma grande chanse dada por Deus para o arrependimento de coração da alma que ele chama.
Deus quer que as almas abandonem o mundo e suas ilusões, quer que as pessoas se esforcem e neguem a sí mesmo com toda força e entendimento procurando estar por fé sempre unidos à Igreja de Deus e confessar nossas culpas uns aos outros com confiança que um pode rogar a Deus pelo outro e assim mantendo a unidade de fé mútua da Igreja de Deus em Cristo Jesus, o Seu Santo Filho.
É difícil? Não, não é dificil. Deus é Espírito. O que Ele quer é que nos estejamos voltados sempre à Ele.
Porque? voltado a Ele? porque Ele é quem cuida de nós verdadeiramente.
Os amigos de Deus no passado, como foi Abrahão, Moises, Elias, Samuel, O Rei Davi e muitos outros, sempre se entregaram ao Senhor e foram homens que prosperaram, foram Patriarcas de muitas gerações, que venceram reinos, Guerras e nada pode parar na frente deste povo porque Deus sempre está junto dos seus filhos para proteger e ajudar nas peregrinações.
A Igreja de Deus reunida na Sua presença é um ato de Veneração, ato de Louvor e de Submissão ao Deus Criador nosso.  Porque nós falamos de Deus com tanta intimidade?  Porque Ele nos Chamou para vencer o mundo, como Jesus Cristo o venceu. e nos disse:" Eu venci e vós vencereis também".
Jesus Cristo é o Nosso Mestre Divino e nós somos os Justos que andam sobre a Terra, com vestidos brancos, lavados pelo Sangue derramado sobre a cruz.  Sempre estaremos limpos pela Fé crendo neste Ato do nosso Mestre que nos deu a Sua Vida para que nós pudessemos viver junto Dêle como justificados. Porque cremo que Ele é a própria Justiça Divina de Deus
Para nós não tem volta no Caminho, nós só vamos para frente na Esperança de um dia alcançar o prêmio da vida eterna com Glória no  Céu.
Nós vamos,  lá no Céu, cantar o hino da Vitória, que nunca foi cantado neste mundo.
Nós vamos tomar a Santa Ceia junto com Jesus. (Jesus disse aos discipulos:" Desde agora não beberei mais do fruto da vide até que se cumpra no Reino de Meu Pai").
Fé é isso.  Crer em Deus sem sombra de dúvida. Se entregar a Ele de todo coração.
Se você já é crente dêste valor, prossiga com esta fé maravilhosa de alcançar a Vitória.
Se você não o é, reconheça que você ainda é um pecador e que diante das Leis Eternas de Deus, você não consegue quarda-Las e peça a salvação a Deus.   Reconheça que Jesus Cristo o Filho de Deus é o Ùnico Salvador que pode te salvar dos seus pecados, pois Ele derramou o Seu Sangue sobre a cruz para te remir e salvar-te dos seus pecados para fazer  de você um nôvo ser, um ser justificado. Então procure uma Igreja que te Batize por imersão nas águas em Nome de Jesus e em Nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo.
Apartir daí és um nôvo homem na Presença de Deus e suas Roupas Espírituais estarão sempre brancas.

Esta é a regeneração do ser humano. Acreditar em Deus lendo as escrituras perseverando na Fé, vestindo as armaduras de Deus, cingindo o cinto da justiça procurai se unir com a irmandade que professam a mesma Fé em Deus o Pai Celeste, congregando sempre na Esperança de alcançar a Vida Eterna.
Pense sempre firme como um Cristão deve pensar.  Tenha em mente sempre que O Senhor está contigo por onde for e que te abençoará sempre, fazendo prosperar o teu caminho.
Desvia-te sempre do que é mal.  Faz o bem sempre que estiver ao seu alcance. Amar a irmandade é mesmo que amar a Deus. "Jesus disse assim no julgamento final:- "O que fizeste a um destes Meus pequeninos a Mim me fizeste", então nos devemos aplicar nosso coração em fazer o bem aos pequeninos do Senhor. Onde estão eles?   São os teus irmãos em Jesus Cristo. Não pare de fazer bem a eles porque estará fazendo o bem para o Senhor que te vê em oculto e te Abençoará.

-Que Deus traga a Luz sobre ti e te abençoe, dando-te a Paz que vem lá dos Céus. Amem.


Para me ajudar a continuar a desenvolver este trabalho de divulgação da Palavra de Deus para todo o povo do mundo que quer se SALVAR peço a você com todo respeito que adquira o curso que ofereço para uma boa formação em TEOLOGIA. eu aconselho para todos e curso muito bom.
CLIKE AQUI e você vai a pagina do curso desde já Agradeço por ter estado comigo nas leituras sobre os diversos assuntos que Deus me dá graça de escrever para sua Salvação.

Leia outras postagens no Blog São assuntos muito importante para você.









quarta-feira, 17 de abril de 2013

A VIDA DE FÉ E DE PACIENCIA

José foi um jovem marcado pela injustiça. So­freu o desprezo e o ódio dos seus irmãos, que o jogaram vivo em uma cova e o mataram no cora­ção. Venderam-no como mercadoria barato para li­vrarem-se dele. Sustentaram durante vinte anos uma mentira para Jacó, dizendo que seu filho José havia sido devorado por uma fera do campo, a fim de que o pai desistisse de procurar o filho amado.No Egito, José sofreu outro golpe. Foi injustiçado pela sua patroa, que queria deitar-se com ele,  mas José não cedeu aos seus apelos nem à sua pressão. En­tão, sentindo-se rejeitada, ela transferiu para José a culpa que era dela, jogando-o injustamente na pri­são. Na cadeia ainda foi vítima de outra injustiça, a ingratidão do copeiro-mor de Faraó, que se esque­ceu dele, não atendendo o seu apelo de rogar em seu favor junto ao supremo mandatário daquele po­deroso império. Por esta causa, José ficou mais dois anos mofando na prisão. Mas por que Deus deixaria uma pessoa ino­cente mofar na cadeia? Por que Deus não ouviu o clamor de José quando ele queria sair da prisão? Sabe por que Deus não realizou o sonho de José no tempo que ele queria? Se José tivesse saído da prisão naquela época, o máximo que ele teria con­seguido na vida seria trabalhar como lavador de copos no palácio de Faraó. Mas Deus o deixou mais dois anos na prisão para tirá-lo de lá e torná-lo governador do Egito. Quando parecia que Deus não estava fazendo nada para livrar José da prisão, ele, na verdade, estava construindo a rampa para José subirão palácio de Faraó, para ser governa­dor daquele vasto império. Deus não realizou os sonhos de José, porque os sonhos dele eram mui­to pequenos. Os intentos de Deus são sempre me­lhores e maiores do que os nossos. Importa que os intentos de Deus, e não os nossos, sejam realiza­dos. Os intentos de Deus são perfeitos. Jamais se perdem nas curvas do caminho. Jamais se trans­formam  pesadelos. Para que entendamos que Deus faz todas as coisas no seu tempo e conforme o conselho da sua vontade. Deus é soberano. Ele está assentado na sala de comando do universo. Ele está com as rédeas da história em suas mãos. Ele dirige as nações. Ele domina sobre a natureza. Não permite que nem uma folha caia de uma árvores em a sua permissão. Sua vida não é dirigida por um destino cego. Você está nas mãosdo  Deus vivo. 
 No auge de sua crise, Ana teve uma profunda experiência com Deus. Depois de vislumbrar a Ma­ jestade de Deus 
 e receber dele um grande milagre, prorrompeu num cântico de exaltação ao Senhor e fez uma afirmação
 extraordinária: Deus é quem dá a vida e quem a tira. E quem exalta e também faz descer. É ele quem levanta o pobre desde o pó ao monturo, para fazê-lo assentar-se entre príncipes (I Sm 2.6-8). 
Deus age no seu tempo.
 Ele não se deixa pres­sionar. Ele é livre e soberano. Muitas pessoas que­rem determinar o que Deus deve fazer, como deve fazer e até mesmo quando deve fazer. A resposta de Deus não vem segundo o nosso tempo, pela pres­são da nossa agenda. Deus tem o seu tempo certo de agir. Ele, muitas vezes, protela os nossos sonhos para realizar coisas maiores em nosso favor. No ca­lendário de Marta, Jesus havia chegado atrasado à aldeia de Betânia, quando Lázaro morreu. Mas Je­sus não chegou atrasado, ele chegou no tempo cer­to. A ressurreição de um morto é um milagre maior do que a cura de um enfermo. Deus não chegou atrasado no mar da Galiléia na quarta vigília da noite.  
Em virtude daquela tempestade, os discípu­los tiveram uma experiência mais profunda com Jesus e o adoraram (Mt 22.33). Deus não chegou atrasado à prisão de José. Ele estava edificando a rampa para José subir ao palácio de Faraó como governador. Deus não chegou atrasado na vida de Ana. Ele a deixou estéril para que ela O conhecesse e assim pudesse se preparar para ser a mãe do ho­mem mais importante daquela época. Ana tem uma compreensão da majestade de Deus em seu cântico. Ela passa a perceber que Deus não apenas faz as coisas no seu tempo, mas também, conforme o conselho da sua vontade. Ele é Deus exal­tado quando dá a vida e quando tira, quando cura a doença e quando deixa de curar, quando exalta e tam­bém quando rebaixa, quando responde a oração e quando adia os nossos sonhos.
É muito comum vermos as pessoas glorificando a Deus quando um doente é curado de câncer, mas ficam murchas e cheias de inquietações quan­do oram por um enfermo e Deus o leva. Ana com­preendeu que a glória de Deus deve ser proclamada não só quando Ele dá a vida e exalta, mas também quando Ele tira a vida e rebaixa. A majestade de Deus também reside no fato de que, quando Deus age, ninguém pode impedir a Sua mão. Talvez os médicos de Rama já tivessem dado o último diagnóstico para Ana, tirando-lhe todas as esperanças de ser mãe. Sua doença era incurável. To­dos diziam que ela precisava conformar-se com a sua situação irreversível. Mas Ana continuou crendo no Deus dos impossíveis. Ela não desistiu dos seus so­nhos, mesmo em face das impossibilidades huma­nas. Ela creu e Deus fez o milagre! Deus não deixou de agir milagrosamente em nossos dias. O tempo dos milagres não cessou. Deus não encolheu a sua mão. Ele não abdicou do seu poder. Ele pode tudo quanto ele quer. E, quando ele age, ninguém pode detê-lo. Os médicos podem lhe dar um diagnóstico final: "Não há cura!" Mas, se Deus quiser, existe cura.
O mundo inteiro pode trombetear aos seus ouvidos: "A sua causa está per­dida". Mas, se Deus quiser, você triunfará. Os ini­migos de Daniel pensaram que, quando o rei Dario acabasse de assinar o edito, Daniel estaria com a sua morte lavrada, mas não contaram com a inter­venção sobrenatural de Deus para fechar a boca dos leões. Deus opera maravilhas. Ele continua curan­do enfermos, libertando cativos, dando vista aos ce­gos e transformando pesadelos em sonhos realiza­dos. Os Destruidores Sonhar é viver. Quem não sonha já desistiu da vida. Quem não alimenta sonhos no coração está sem rumo na história, como um barco à deri­va. Você precisa ter um alvo para seguir, uma causa pela qual está disposto a viver e morrer. Não pode­mos desistir dos nossos sonhos pelo fato de existir conspiração contra eles. José do Egito sonhou e por isso foi odiado e perseguido, mas nos vales escuros da vida foram os seus sonhos que nutriram a sua alma de esperança. Ana também encontrou resis­tência ao seu sonho. Você também tem sonhos que acalentava e o caminho para realizá-los está juncado de espinhos. Há muitos destruidores de sonhos ao longo da nossa jornada..
Penina era rival de Ana.
Penina tinha filhos e filhas, ao contrário de Ana, que não tinha nenhum descendente (I Sm 1.2). Ana era doente. Ela era estéril (I Sm 1.5,6). Elcana tentava compensar o sofrimento de Ana, dedicando-lhe acendrado amor (I Sm 1.5). Esse fato, contudo, aumentava a rivali­dade e a hostilidade de Penina por Ana. Além do drama da sua dor, e de ver os seus sonhos sendo adi­ados, de carregar a vergonha e o opróbrio da esteri­lidade, Ana ainda enfrentava a desconfortável situ­ação  de ser fustigada, provocada e molestada cons­tantemente por Penina.  Ela, Penina, a irritava exces­sivamente (I Sm 1.6,7). Não perdia uma oportu­nidade de humilhá-la. Rancorosa, vingativa e ciu­menta, Penina não respeitava o sofrimento de Ana. Ela tinha um mórbido prazer em ver Ana sofrendo. Ela era uma assassina de sonhos.
As provocações de Penina atingiram Ana com tal profundidade que ela ficou deprimida. Não con­seguia mais comer. Seu semblante descaiu e ficou carregado de tristeza. Ana tornou-se uma mulher amargurada de espírito. Ela não conseguia parar de chorar e mergulhou a sua alma nas águas turvas da depressão.
Qual foi o combustível que Penina usou para incendiar o coração de Ana? Que armas ela usou para provocá-la? Possivelmente, dizia à rival: "Veja Ana, você é uma mulher tão piedosa, você ora tanto, vai tanto à Casa de Deus, mas você está doente, é estéril, não pode ter filhos. Eu não faço nada disso e estou com a minha aljava cheia de filhos."
A provocação de Penina visava desestabilizar Ana emocionalmente e abalar a sua fé em Deus. Suas setas venenosas tinham por objetivo matar os sonhos de Ana.
A mesma situação foi vivida pelos filhos de Coré (Sl 42), quando estavam entrincheirados por problemas difíceis. Seus inimigos os colocaram con­tra a parede e perguntaram: "O teu Deus, onde está?" (Sl 42.3). Hoje você também é confrontado com perguntas perturbadoras: você não é crente fiel, você não vai à Casa de Deus? Você não confia que Deus é amor e onipotente, então por que ele não lhe socorre? Você não entrega o seu dízimo, não serve a Deus com integridade? Por que, então, está passando por dificuldades financeiras? Por que está desempregado?
Por que seu casamento está acabando? Por que os seus filhos estão dispersos? Onde está o seu Deus? Se ele ama você, por que ele não intervém em sua vida?
Os filhos de Coré viram essas provocações como uma doença que lhes esmigalhavam os ossos (Sl 42.10).
Eles se renderam ao choro (Sl 42.3).
Talvez essa seja a sua situação. Além de estar enfrentando uma dificuldade terrível que conspira contra a sua vida, ainda encontra no caminho assassinos de so­nhos. As vezes, aqueles que deveriam ser seus aliados e consoladores transformam-se em algozes, como os amigos de Jó. As vezes, aqueles que deveriam lhe oferecer um ombro hospitaleiro e um peito amigo, para se agasalhar, transformam-se em ameaça para a realização de seus sonhos.
A provocação de Penina tinha dois objetivos: achatar a auto-estima de Ana e desestabilizá-la emo­cional e espiritualmente.
A provocação é a arma dos fracos.
A provocação é o expediente daqueles que se sentem infe­riores, mas não querem admiti-lo.
A provocação é a tentativa de diminuir o outro para tentar melhorar a sua própria imagem
Aprovocação é o sentimento que invade a alma daqueles que se alegram com sofrimento alheio e sentem uma mórbida compensação com o fracasso dos outros.
A provocação é fruto da in­veja e sempre deságua no oceano da amargura.
Aprovocação cresce no solo fertilizado pelo ódio e busca sempre a vingança.
Penina era uma mulher infeliz e insegura que tentava destruir as pessoas que cru­zavam o seu caminho.
A vida piedosa de Ana ressaltava a mediocridade de Penina. As virtudes de Ana faziam sobres­sair a futilidade de Penina.
Em vez de Penina imitar as virtudes de Ana, resolveu atacá-la. Em vez de condoer-se com o seu problema, passou a aguçar ainda mais a sua dor.
Existem muitas pessoas hoje que são um retra­to existencial de Penina.
Gente que não chora com os que choram.
Gente carregada de inveja e ciú­mes.
Gente que tripudia e massacra aqueles que vi­vem na retidão, buscando com isso uma falsa com­pensação para suas doentias frustrações.
Gente que não suporta ver o sucesso dos outros.
Talvez você cruze com gente assim pelos caminhos da vida.
Não deixe que esses inimigos roubem os sonhos do seu coração.
  A incompreensão
Ana foi mal interpretada pelo sacerdote Eli, e isso dentro da própria Casa de Deus. Ana estava orando, chorando diante de Deus, derramando a sua alma diante do Senhor, mas não foi compreendida por aquele que deveria estar chorando com ela (I Sm 1.12-14) .
A religião de Israel estava em crise naquele tem­po. Depois de quarenta anos de ministério, o sacer­dote Eli já estava velho demais para acompanhar de perto o seu rebanho.
Seus filhos, Hofni e Finéias, sacerdotes, eram homens impuros, adúlteros, de­vassos, filhos de Belial.
Todos os anos, Ana subia à Casa do Senhor, em Silo, e nunca Eli ou seus fi­lhos perceberam o drama dessa mulher.
Ana estava sem assistência pastoral. Ela não tinha um pastor que se interessasse pelo seu problema, com quem ela pudesse compartilhar as suas necessidades. Sua dor era só sua. Ela não tinha um ombro hospitalei­ro na sua comunidade que lhe pudesse servir de suporte.
Ana estava não apenas só, mas ainda foi mal interpretada pelo sacerdote Eli. Quando Eli a viu orando com amargura de alma, derramando o seu coração diante do Senhor, ele a tratou como se ela estivesse bêbada e embriagada (I Sm 1.12-14).
Eli cometeu dois erros graves com Ana: pri­meiro a julgou mal, depois a acusou sem ouvi-la. Ana foi vítima de uma hermenêutica precipitada e sem lucidez de um sacerdote senil.
Responder an­tes de ouvir é estultícia e vergonha. Ana foi acusada de um pecado que não cometeu, pela pessoa que deveria estar sofrendo com ela, chorando diante de Deus por ela.
Ela foi repreendida com aspereza, quando deveria ser alvo de consolação.
Ela foi ata­cada quando deveria estar sendo acolhida. Foi julgada com rigor quando deveria estar sendo pastoreada com amor.
Há muitas pessoas feridas porque não en­contraram na igreja uma comunidade terapêuti­ca, mas um lugar de censura, acusações e incompreensão.
A igreja, em vez de ser um lugar de cura, tem se transformado para muitos num cenário de doença e culpa.
Há líderes religiosos que não apascentam as ovelhas de Deus, mas as tratam com rigor e dureza. Não são terapeutas da alma, mas assassinos de sonhos, que atam fardos pesados nos ombros de pessoas já feridas pela vida.
Muitas pessoas também sobem à Casa de Deus só para chorar, mas voltam vazias de consolação, secas de esperança, com a alma mais ferida, porque-não encontraram lá fora a Palavra de Deus, remédio para o coração, mas apenas tradições humanas e acusações, fruto da indiferença, do egoísmo, do desamor, do preconceito e do engano.
 Há muitos líderes religiosos que são destruidores de sonhos. Eles abortam no nascedouro pro­jetos que poderiam revolucionar o mundo.
Há muitos líderes que sufocam qualquer nova lideran­ça emergente.
Há pastores que são a rolha do reba­nho:14 estão sempre impedindo que o povo respire espiritualmente; Estão sempre matando os sonhos no coração das pessoas. Eles se sentem os donos da verdade e desandam a boca para atacar e ferir todos aqueles que não se alinham com a sua visão.
Não deixe o seu sonho morrer.
Não permita que os destruidores de sonhos introduzam no seu coração o vírus maldito do desânimo.
Não deixe que também a amargura tome conta da sua alma, pelo fato de não receber apoio daqueles que deveri­am estar ao seu lado.
Levante a cabeça.
Não perca de vista o alvo. Não abra mão dos seus sonhos.João Soares da Fonseca narra uma história in­teressante no seu livro Conta outra: "Um garoto padecia de uma terrível surdez parcial. Certo dia, ao voltar da escola, trouxe consigo um recado para seus pais. Em secas linhas, a professora sugeria que o melhor que fariam seria tirar o menino da escola.
E explicava porque: ele não tem inteligência para aprender nada. Em vez de deprimir-se com o pessi­mismo do recado, a mãe do garoto simplesmente afirmou: 'E claro que o meu filho Tom tem inteli­gência para aprender. Eu mesma serei a professora dele'.  A partir daí, além da tarefa da criação, to­mou sobre os ombros também a instrução escolar do seu filho. Tom aprendeu, cresceu, tornou-se um bom profissional. E, quando morreu, anos mais tarde, o país inteiro o homenageou, apagando as lâmpadas por um minuto, lâmpadas que ele pró­prio havia inventado. Tom — era assim que a famí­lia de Thomas  Edison o chamava - inventou não somente a lâmpada, mas também a câmara foto­gráfica, o mimeógrafo, ofonógrafo, o transmissor a carvão, o filme movimentado, o gravador, o mi­crofone e mais de mil outras coisas”
 A conformação
Elcana tentou consolar Ana, mas ao mesmo tempo conspirou contra o seu sonho. Disse para ela parar de chorar e desistir do
sonho de ser mãe, visto que ele próprio era melhor para ela do que dez filhos (I Sm 1.8). Elcana representa aqueles que 
tentam agir pela lógica, mas não exercitam fé. É o protótipo daqueles que agem com boas intenções, mas não esperam
 nenhuma intervenção sobrenatu­ral de Deus. Ele queria que Ana desistisse do seu sonho e se conformasse passivamente
 com a sua es­terilidade, mudando o foco de sua atenção para o marido. 
Elcana agiu com egoísmo ao mesmo tempo que buscou consolar a sua mulher.Elcana tentou esvaziar o coração de 
Ana de toda esperança. 
Ele estava dizendo a ela que, de fato, o seu problema era insolúvel, que não havia nada a ser feito. Portanto, ela não deveria 
mais chorar pelo seu problema, mas, sim, desistir do seu sonho de ser mãe e pensar mais no marido.
Desta forma, Elcana em vez de unir-se à sua mulher para clamar a Deus por um milagre, tentou matar os sonhos 
do coração dela. 
Elcana agiu como um homem religioso, mas sem fé. Para ele os fatos não podiam ser muda­dos. 
Ele agiu com sensibilidade, mas sem discernimento. Há muitos conselheiros que são verdadeiros assassinos de sonhos.
São lógicos, racionais, mas lhes falta ousadia para crer no Deus que age milagrosamente. Eles são guiados pela razão e 
não pela fé. Crêem nos fatos visíveis, mas não esperam os milagres de Deus. Conformam-se com a situação. Entregam
 os pontos. Desis­tem dos seus sonhos e ainda procuram matar o sonho dos outros. A fé não olha para as circunstâncias. 
Fé é crer no impossível, ver o invisível e tocar no intangível. 
Fé é crer que Deus pode mudar o cenário de um ventre estéril, transformando-o em um jardim regado de vida. Fé é não
 desistir de esperar em Deus mesmo quando todas as circunstâncias parecem conspirar contra a esperança. 
Fé é saber que, se Deus quiser, ele pode mudar a nossa sorte, enxugar as nossas lágrimas, curar a nossa enfermidade, 
restau­rar a nossa família e realizar os nossos sonhos. 
Ana não desistiu de sonhar. Ela não acatou o confor­mismo incrédulo e passivo do seu marido. Não jo­gou a toalha, não 
se deu por vencida, não se con­formou com a derrota. Ana nos encoraja a lutar pelos nossos sonhos, ainda que aqueles que
estão mais perto de nós e deveriam ser nossos cooperadores, se coloquem na contramão dos anelos da nossa vida. Os
 grandes destruidores de so­nhos estão muitas vezes dentro da nossa casa e até mesmo dentro da igreja, como no caso de Ana.
Aqueles que nos são mais íntimos são os primeiros a armarem, emboscada, contra os nossos sonhos. Devemos estar alerta!
O desânimo O último destruidor dos nossos sonhos pode estar dentro de nós mesmos. Muitas vezes cansa­mos de esperar e desistimos muito cedo ou até mes­mo no limiar da bênção.
Saul cansou de esperar Samuel para fazer o sacrifício pelo povo e assumiu o papel de sacerdote, arruinando sua vida e o seu

reinado (I Sm 13.8-14). Pedro desistiu de esperar Jesus na Galiléia e resolve voltar à pesca (Jo 21.3). Ana,' porém, não 
desistiu.
Ela não se acomodou. 
Ela não ensarilhou as armas. 
Ela não se rendeu ao desânimo.

 S A N S Ã O

A impaciência pode destruir-nos. Sansão mor­reu porque a impaciência o tornou vulnerável (Jz 16.16-31). Sara, por impaciência, empurrou Abraão para os braços de Hagar (Gn 16.1-4). -Depois de quatro mil anos, a história ainda testemunha os efei­tos devastadores da decisão precipitada de Sara. Os judeus e os árabes até hoje se rivalizam. Talvez você esteja cansado de esperar um casamento, cansado de esperar uma mudança na sua vida conjugal, can­sado de esperar um tempo de bonança na área fi­nanceira. Cuidado para que a impaciência e o desâ­nimo não roubem os seus sonhos. Vigie o seu pró­prio coração. O seu maior inimigo muitas vezes é você mesmo. Se você desistir de lutar, desistir dos seus sonhos, só olhar para as dificuldades e não crer que Deus pode intervir, você se tornará um fracas­so, como aqueles dez espias de Israel que se consi­deraram gafanhotos diante dos gigantes de Canaã

ESPERANÇA:

O  tempo pode ser uma ameaça para os nossos sonhos. "William Carey trabalhou na índia e teve que esperar sete longos anos até batizar o primeiro hindu. Adoniram Judson, na Birmânia, também só viu o primeiro convertido depois de sete anos de trabalho. O templo do rei Salomão demorou sete anos e meio para ficar pronto. Nele trabalharam 183.600 homens. A grande pirâmide do Egito foi construída durante setenta e cinco anos. A cons­trução da estátua da liberdade, no porto de New York, vinte anos.” Cuidado para que a passagem do tempo não enfraqueça os seus sonhos ”.Ana tinha tudo para ficar desanimada: era es­téril, sua rival a provocava excessivamente, seu ma­rido não acreditava que Deus pudesse realizar um milagre, o sacerdote a acusou de estar embriagada. Mas, Ana superou todas as dificuldades e venceu, porque não desistiu do seu sonho!
E você, vai desistir do seu?

terça-feira, 16 de abril de 2013

ENSINAMENTOS SOBRE H5 NA CCB

Hoje 8 de março de 2013 , às 22:55 00 ,fim de dia más com vigor.  "que bela frase"..    é assim mesmo
sem nenhuma pre-meditação para escrever. Vou relatar sobre a continuidade do movimento na CCB a
respeito do hinário 5.   Bem, depois, de vários ensaios com músicos e irmandade notou-se o grande progresso (Graças ao Bom Deus) no novo hinário e os irmãos resolveram por bem definir datas finais e conclusivas. Ficou assim determinado que em SP e Grande S.Paulo: A PARTIR DE 17 DE MARÇO
O USO DEFINITIVO DO HINÁRIO 5 NOS CULTOS QUE TERÃO INICIO ÀS 18:30 HORAS
Todos os demais serviços que ocorrerem antes deste horário deve-se fazer utilizando o hinário 4.

Às demais cidades e estados terão como base o dia 25 de março 2013, para darem o início na utilização do hinário 5. seguindo a mesma ordem relatada acima.

Os exames e testes de músicos e organistas poderão serem marcados a partir de 01 de maio de 2013, sendo que serão solicitados de todos os candidatos melhor desempenho dos estudos para poderem prestar
um bom exame, principalmente de tocar bem o hinário 5.
Deverão se apresentar para os testes e exames somente os candidatos que estiverem em boas condições, aconselhando os demais a se prepararem melhor.

As irmãs organistas deverão tocar as introduções dos hinos como sempre foi. Para tanto é melhor estudar bastante as introduções para fazer boas apresentações nos cultos.


Bom, acho que já estava na hora mesmo da liberação, pois pela demora começam a aparecer outras complicações e as coisas vão tomando outros rumos inesperados, como exemplo: o fato de não poder mais chamar alguns hinos que foram modificados e às vezes colocando o Servo de Deus em dificuldades perante a irmandade. Começam as  diferenças de andamento, de tempos de compasso, muito alegre, muito lento. Então o melhor caminho mesmo é este da liberação com datas definidas e teremos mais tempo antes, para terminar os ensaios com a irmandade e músicos e as diferenças vamos tirar(com ajuda de Deus) nos ensaios
parciais que também voltam a ficar normais a partir do dia 17.

Minha opinião é que foi a melhor decisão para a Obra. Porque tudo o que surgir daqui para frente será resolvido num só hinário, fica mais fácil de conversar, de explicar as novidades e tudo irá se acertando.
Eu já estava morrendo de saudades do meu ensaio parcial no jardim San Diego em Caieiras - SP.
Eu amo o ensaio, pena que aparecem os contrários para nos aborrecer, más faz parte, temos que olhar para o Senhor e esperar Nele.
Também a respeito dos hinos novos, quando começou soar os primeiros acordes, lá no Bras, parecia que os hinos não iriam ficar bem. Pois é verdade, quando se juntaram com a orquestra e canto com as vozes
"que maravilha", eles ficaram muito lindo, muito lindo mesmo.
Eu canto pela manha, quando volto ainda estou cantando, canto quando vou deitar, canto no carro e não me canso de cantar.  Como me tem feito bem. Estou muito feliz.
Hoje 19 de maio 2013, Após 2 meses da liberação do H5 podemos ver e sentir o quanto foi boa e bem aceita  pela Igreja de Deus, todas as modificações e hinos novos introduzidos no H5 vêm surtindo um efeito retardado.
A irmandade participou com entusiasmo principalmente se dedicando em aprender os hinos novos e os demais hinos foram esquecidos por um bom período de tempo.  Ninguém pensava que iriamos ter um pouco de dificuldade ao abrir o H5 e ver que as mudanças afetaram também os hinos Antigos.
Embora temos algumas dificuldades com o novo hinário podemos acreditar que mais uns 5 anos a irmandade já estará dominando definitivamente.
É difícil de fazer as Regências para a orquestra porque já está se acostumando aos vícios antigos de tocar de forma errônea, sem prestar a devida atenção aos tempos, sem as devidas respirações e enfim, faltam uma boa educação musical às figuras que compõe a nossa orquestra para tocar corretamente.
Como exemplos posso citar os hinos 210, 207, 44, 395, 190 .....estes hinos têm que ser melhor ensaidos principalmente o soprano junto com a voz da irmandade para que possam cantar melhor na Igreja.
Já dá para ouvir durante os cultos normais que maior parte da irmandade canta e uma parte menor não consegue cantar.  O que quero dizer é que os que cantam precisam urgentemente de acompanhamento para cantar melhor junto com a orquestra pois estão cantando ainda com muitas dúvidas.
Assim o que precisamos fazer é convidar a irmandade sempre a participar dos ensaios parciais nas Igrejas
e praticar o CANTO correto, Depois as outras partes também aprenderão com o passar dos tempos.
As novidades foram que ficaram liberados os exames para as irmãs organistas de forma diferente da antiga. 
Agora pode-se efetuar os exames nas Igrejas que se encontrarem candidatas em boas condições e preparadas para o teste.   Agora será feito o pre-teste, pelo Encarregado, que fará a carta e entregará ao Ministério que tomará as providências para marcar a data e local que se fará os testes finais.  Possivelmente será realizado o exame com um novo modelo, onde o candidato apresentará os seus estudos conforme o seu nível de estudo (Jovens, Cultos, Oficilização) para uma banca examinadora que fará as anotações para aprovação do candidato. 

Para mim está tudo certo. As mudanças trouxeram um avivamento na Irmandade em geral e só fez bem.  

Sou muito grato a Deus pelo bem que tem feito a todos nós.

"Que o Senhor resplandeça na Vossa vida e traga a Luz da Verdade sobre ti"
Paz de Deus a todos...Amem.

Savio Lima

Minha foto

Sou moreno , 59 anos, Bacharel em Ciência da Computação,

Técnico de Contabilidade,  músico saxofinista, Evangélico, sou da  CCB, sou muito feliz.

Tenho uma família de Músicos.

Trabalho como Autônomo nas Redes Sociais da Internet Apresento produtos Digitais e Outros.